Share PDF

Search documents:
  Report this document  
    Download as PDF   
      Share on Facebook

Área de Exatas

Disciplina: Leitura e Produção de Textos Profª. M.Sc. Valdete Nunes Silva

______________________________________________________________________________

Texto para as questões 01 a 03

Você está toda animada para estrear sua bota caubóinova na balada. E você não só faz isso como arrasa! Pena que, no dia seguinte, sua amiga aparece com uma igualzinha na escola. Se fosse só isso, tudo bem. Afin al, a bota está na moda mesmo. O complicado é que ela tambémstáe imitando suas roupas, as gírias que você fala,as bandas que curte e, agora, até gosta do mesmo garoto. É mesmo duro conviver com uma amiga que insiste em ser um clone seu! A Ana Luísa Melo, 16 anos, da Galera CAPRICHO, sofreu com isso. “Esse negócio de ami ga copiona já me fez praticamente perder uma amizade.Desde a 5ª série, sempre fui meio maluquinha e alternativa. Na 7ª série, uma amiga minha começou a fazer TUDO igual a mim: eu fazia cadernos com capas cheias de fotos de bandas e ela fazia igual. Eu cortava o cabelo diferente e ela fazia igual. Eu falava gírias da internet e ela falava igual. Acabou que eu perdi a paciência totalmente pra ela. Eu acho que as pessoas às vezes conf undem achar legal com ter que fazer igual."

Trecho da matéria Minha amiga adora me copiar, Revista Capricho. Disponível em; http://capricho.abril.uol.com.br/comportamento/minha-amiga-adora-me-copiar-479582.shtml

01. Pela construção do texto é possível perceber que ele é destinado a um público específico: as adolescentes de classe média.

Assinale a alternativa cujo fragmento de texto NÃO permite tal identificação.

a)“eu fazia cadernos com capas cheias de fotos de ban das”

b)“Ana Luísa Melo, 16 anos, da Galera CAPRICHO”.

c)“as pessoas às vezes confundem achar legal com ter que fazer igual”.

d)“estrear sua bota caubói nova na balada”.

02.É visível no texto o emprego de recursos que de finem uma tentativa de aproximação com o leitor. Sã o exemplos disso, EXCETO:

a)o uso do pronome pessoal de tratamento “você”;

b)o emprego de palavras próprias da linguagem do coti diano, como “copiona”;

c)o uso de letras maiúsculas para indicar a entonação dada à palavra, como em “fazer TUDO igual a mim”;

d)a adequação de palavras estrangeiras à ortografia d a língua portuguesa, como feito em “caubói”.

03. Os mecanismos de coesão referencial são muito u tilizados na produção de um texto. Enumere a segunda coluna de acordo com a primeira e marque a alternativa que apresenta a sequência correta.

palavra ou expressão

 

referência

(1)

“você”

 

(

) Ana Luísa (referindo-se a si própria)

(2)

“uma igualzinha”

(

) a amiga da leitora

(3)

“ela fazia igual”

(

) a leitora do texto

(4)

“me”

 

(

) uma bota caubói igualzinha

(5)

“ela (também está imitando)”

( ) ela cortav o cabelo igual

 

a.

4, 5, 1, 2, 3.

 

 

 

b.

1, 4, 5, 2, 3.

 

 

 

c.

4, 5, 2, 3, 2.

 

 

 

d.

1, 5, 4, 2, 3.

 

 

04. A vida transcorre entre o sucesso e o insucesso. É importante, _________, que o adolescente enfren te adversidades, fracassos e frustrações para que poss a, segundo a canção popular, “sacudir a poeira e da r a volta por cima”. A conjunção que introduz uma ideia de conclusão é:

a)porquanto

b)porém

c)pois

d)contudo

05.O desemprego é um problema coletivo, __________ destrói as expectativas da população; faz-se,

__________, necessária uma nova política de emprego__________ as tensões sociais sejam diminuídas.

a)porque – logo – se

b)e – portanto – enquanto

c)à medida que – por conseguinte – desde que

d)pois – por isso – para que

06. Em “Vinha me preparando durante todos esses ano s, com a disciplina de um maratonista, PARA enfrentar o primeiro assalto” o conector destacado aponta entre as orações uma relação de:

a)causa

b)consequência

c)finalidade

d)contradição

07.(PUC-SP) – Em: “... ouviam-se amplos bocejos, f ortes como o marulhar das ondas...” a partícula COMO expressa uma idéia de:

a)explicação

b)conclusão

c)proporção

d)comparação

Texto para a questão 08

Você desmaia

Quando vê sangue?

Tem gente que morre

Porque não vê.

Doe sangue. Não dói nada

E ajuda e tirar a dor de

Muitas pessoas

08. Os elementos coesivos “ quando” e “porque” , no anúncio acima, assumem respectivamente o valor semântico de:

a)condição, causa

b)concessão, explicação

c)tempo, causa

d)causa, modo

09. (Univ. Fed. Santa Maria – RS) – Assinale a seq uência de conjunções que estabelecem, entre as orações de cada item, uma correta relação de sentido.

1.Correu demais, ... caiu.

2.Dormiu mal, ... os sonhos não o deixaram em paz.

3.A matéria perece, ... a alma é imortal.

4.Leu o livro, ... é capaz de descrever as personagens com detalhes.

5.Guarde seus pertences, ... podem servir mais tarde.

a)porque, todavia, portanto, logo, entretanto

b)por isso, porque, mas, portanto, que

c)logo, porém, pois, porque, mas

d)porém, pois, logo, todavia, porque

10.Os trechos abaixo compõem um texto, mas estão d esordenados. Ordene-os para que componham um texto coeso e coerente e indique a opção correta.

( ) O primeiro desses presidentes foi Getúlio Vargas, que soube promover, com êxito, o modelo de substituição de importações e abriu o caminho da industrializaçã o brasileira, colocando, em definitivo, um ponto final na vocação exclusivamente agrária herdada dos idos da colônia.

( ) O ciclo econômico subsequente que nos surpreen deu, sem dúvida, foi a modernização conservadora le vada à prática pelos militares, de forte coloração nacionalista e alicerçado nas grandes empresas estatais.

( ) Hoje, depois de todo esse percurso, o Brasil éuma economia que mantém a enorme vitalidade do passado, porém, há mais de duas décadas, procura, sem encontrar, o fio para sair do labirinto da estagnação e r etomar novamente o caminho do desenvolvimento e da correçã o dos desequilíbrios sociais, que se agravam a cada dia. ( ) Com JK, o país afirmou a sua confiança na capa cidade de realizar e pôde negociar em igualdade com os grandes investidores internacionais, mostrando, na prática, que oferecia rentabilidade e segurança aocapital.

( ) Em mais de um século, dois presidentes e um ciclo recente da economia atraíram as atenções pelo êxito nos programas de desenvolvimento.

( ) Juscelino Kubitschek veio logo depois com seu programa de 50 anos em 5, tornando a indústria automobilística uma realidade, construindo moderna infra-estrutura e promovendo a arrancada de setores estratégicos, como a siderurgia, o petróleo e a energia elétrica.

a)1º - 2º - 4º - 5º - 6º - 3º

b)2º - 3º - 5º - 1º - 4º - 6º

c)2º - 5º - 6º - 4º - 1º - 3º

d)5º - 2º - 4º - 6º - 3º - 1º

e)3º - 5º - 2º - 1º - 4º - 6º

11. Assinale a alternativa que apresenta redação C ORRETA em relação à pontuação.

a)O crescimento econômico é o melhor remédio paraas doenças do desemprego, mas, por si só também, nã o é suficiente para reduzir a pobreza e nem as disparidades sociais.

b)O crescimento econômico é o melhor remédio paraas doenças do desemprego mas, por si só, também, nã o é suficiente, para reduzir a pobreza e nem as disparidades sociais.

c)O crescimento econômico, é o melhor remédio paraas doenças, do desemprego mas por si só também não é suficiente para reduzir a pobreza e nem as disparidades sociais.

d)O crescimento econômico, é o melhor remédio paraas doenças do desemprego, mas, por si só também, n ão é suficiente para reduzir a pobreza e, nem as disparidades sociais.

12. A pontuação está inteiramente adequada na frase:

a) Recebi, via Internet, de um amigo que há muito não vejo, uma série de fotografias da Terra, tiradas de um satélite.

b) Tanto os astrônomos antigos como os teólogos, nã o erravam, na opinião do autor, quando consideravam que, a Terra, essa poeira ínfima, era o centro do universo.

c)Nada mais central na casa para os pais, que o lugar onde está o berço do filhinho, nada tendo a veresse centro afetivo, com o geométrico da casa edificada.

d)Será que Niezstche interrompia a cada belo crepúsculo, suas leituras e seus escritos, sobretudo estes que, tanto peso tiveram nas ideias de seu tempo?

13. Quanto ao uso da vírgula nos trechos abaixo, assinale a opção que apresenta justificativa de empre go

INCORRETA.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

a)

"Hoje,

essa

visão..."

-

para

separar

o

adjunto

a dverbial

deslocado.

b)

"começa a

perder

força, já que

as

empresas..." - para

separar

a oração

subordinada

da principal.

c)"afirma Maria Carlota Boabaid, pedagoga e mestra em Administração de Empresas," - para isolar o apo sto.

d)"pedagoga e mestra em administração de empresas, que atua na área de Gestão de Pessoas." - para separar a oração subordinada adjetiva restritiva.

14. A frase em que o uso da crase está incorreto é:

a)O professor dirigiu-se à sala.

b)Fez uma promessa à Nossa Senhora.

c)À noite não gosto de ler.

d)Referiu-se àquilo que viu.

15. Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas: “Quando, ...... dois dias, disse.....

.ela que

ia ......

Europa para concluir meus estudos, pôs-se ......

chorar.”

 

a)a - a - a - a

b)há - à - à - a

c)a - à - a - à

d)há - a - à - a

16. Opção que preenche corretamente as lacunas: "O gerente dirigiu-se ......

sua sala e pôs-se ......

falar ......

todas as pessoas convocadas."

 

 

a)a, à, à

b)à, a, a

c)a, a, à

d)à, a, à

17.Os que assistiram ...... peça chegaram ...... aplaudi-la de pé, postando-se ...... poucos metrosdo palco. a) à, à, há

b) à, a, a c) a, a, à d) à, a, há

18."......... dois dias da prova, cedeu .......... um impulso irracional de fugir ........... ela."

a)Há, à, a

b)A, à, a

c)Há, à, à

d)A, a, a

19. Preencha as lacunas da frase abaixo e assinale a alternativa correta. "Comunicamos .....

V. Sª. que

encaminhamos ......

petição anexa ......

Divisão de Fiscalização, que está apta ......

prestar ......

informações

solicitadas."

 

 

 

 

a)a, a, à, a, as

b)à, a, à, a, às

c)a, à, a, à, as

d)à, à, a, à, às

20. O progresso chegou inesperadamente ..... subúrbio. Daqui ...... poucos anos, nenhum dos seus moradores se lembrará mais das casinhas que, ......tão pouco tempo, marcavam a paisagem familiar.

a)aquele, a, a

b)àquele, à, há

c)àquele, à, à

d)àquele, a, há

21. Estou .......

espera de certa pessoa, ....... quem poderei pedir informações .......

respeito dess e processo.

a)à, à, a

b)a, à, à

c)à, a, a

d)à, a, à

22. Preencha corretamente as lacunas, seguindo a ordem fraseológica.

 

...... três semanas, cheguei ......

Lisboa; daqui.....

três dias farei uma excursão ......

França; depois farei

uma visita ......

ruínas da Itália; de lá regressarei

....... São Paulo.

 

a)Há, à, há, a, as, à

b)A, a, a, a, às, a

c)Há, a, a, à, às, a

d)Há, a, há, à, às, a

23. Assinale a alternativa que preenche corretamente os espaços: “Durante .........

semana, o rapaz de veria

apresentar-se .........

direção da escola, para rep or todas as aulas .........

que faltara.”

a)a - à - a

b)a - a - à

c)à - à - a

d)à - à - à

24. Já ......

tempos venho dizendo que essas medidas têm sido nefastas não só ......

uma determinada

categoria profissional, como também .......

toda asociedade.

 

a)à, a, a

b)há, a, a

c)há, a, à

d)há, à, a

25. “Na minha visita ........

Bahia, ........ dois meses atrás, percorri toda ........

parte central de Salvador,

........ fim de melhor apreciar ........

beleza da cidade, que nada fica ........

dever

........ maioria dos grandes

centros comerciais do país e, daqui

........ pouco, será um dos maiores.”

 

 

a)a, a, à, à, à, a, a, há

b)à, a, a, a, à, à, a, a

c)à, há, a, a, a, a, à, a

d)a, há, à, a, a, a, a, há

26. Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas das seguintes orações:

I. Precisa falar____cerca de três mil operários.

II. Daqui____alguns anos tudo estará mudado.

III. ____dias está desaparecido.

IV. Vindos de locais distantes, todos chegaram____tempo____reunião.

a)a - a - há - a - à

b)à - a - a - há - a

c)a - à - a - a - há

d)há - a - à - a - a

27. Assinale a alternativa que preenche adequadamente as lacunas do texto.

"Chegar cedo ......

repartição. Lá ......

de estar outra vez o Horácio conversando ......

uma das portas com

Clementino."

 

 

 

a) à - há - a

 

 

 

b) à - há -à

 

 

 

c) a - há - a

 

 

 

d) à - a - a

 

 

 

28. Aponte a alternativa que completa adequadamente as lacunas.

I - Foi ofendido, mas não conseguiu dar importância _____

II - Quando ia _____ pé à cidade mais próxima, olha va demoradamente as pessoas cara _____ cara. III - Como não damos ouvido _____ reclamações, a po lícia fica _____ distância.

IV - Pôs-se _____ falar _____ toda pessoa seus mais íntimos segredos.

V - Sei _____ quem puxaste, pois temes lançar-te __ ___ novas conquistas. a) I - aquilo; II - à, à; III - à, à; IV - a, a; V - a, a

b)I - àquilo; II - a, a; III - a, à; IV - a, a; V - à, a

c)I - àquilo; II - a, a; III - a, a; IV - a, a; V - a, a

d) I - aquilo; II - à, a; III - à, a; IV - à, a; V - a, à

29.Assinale a letra correspondente à alternativa q ue preenche corretamente as lacunas da frase apresentada.

O aluno recorreu ..... escondidas ..... várias autoridades, para chegar ..... situação mais cômoda. a) as - a - àquela

b) as - à - aquela c) às - a - àquela d) às - à - aquela

30.Assinale a opção que preenche corretamente as l acunas da seguinte frase: "Um homem condenado ......

ignorância é alguém ...... quem foi roubada uma parte do seu direito ...... vida." a) à, a, à

b) a, à, a c) à, a, a d) a, à, à